Dia das mães 2011

Ontem foi um dos dias mais valorizados do ano. O dia delas, as mães!
Todo dia deveria ser dia das mães, mas como só escolheram um, que seja bem aproveitado.

Acredito que o papel da mãe é o de maior importância na vida de qualquer pessoa. Saber desde cedo que somos importantes a alguém, que existe alguém sempre disposto a nos proteger, nos ensinar, nos aguentar, suportar...

Enfim, existem aqueles que amam as mães, que entendem suas preocupações, há aqueles que são rudes com elas por não as entenderem, há também os infelizes que as ignoram e as tratam com desprezo, outros, infelizmente, que não as tem mais. Mas de qualquer forma, a influência que uma mãe é capaz de nos dar, é impressionante!

Porque mãe tem os famosos superpoderes, capazes de ou nos levar a loucura, ou aquele sentimento de eterna gratidão. Como podem elas, achar ou fazer desaparecer tão facilmente nossas coisas, ou curar qualquer ferida ou doença, saber exatamente da hora mais inoportuna pra ligar pro nosso telefone ou então sempre saber como nos consolar? Porque nós, como filhos, nos tornamos as coisas mais preciosas para elas, e por isso, são capazes até do impossível.

Nossas mães nos amam, se preocupam aburdamente.... Podem até não nos entender como gostaríamos mas isso é porque o zelo e sentido maternal acabam falando mais alto do que nossa liberdade. Deve ser difícil pra toda mãe ver os filhos crescerem, não por não quererem que tenhamos vida própria, mas talvez por uma certa insegurança, de que seremos capazes de viver por conta própria. Por isso sempre tento entender a gorda, o quanto é importante pra ela me ver bem.

Sou eternamente grato a dona Wania, pela ótima mãe que sempre foi e sempre será. Parabéns pelos 19 anos de serviços prestados XD

E parabéns a todas as mães, simplismente... por assumirem a profissão mais bela da vida.

E nóis tecra por aí...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

Rike disse...

Olá, Felipe!
Mães têm de ser homenageadas todos os dias mesmo, afinal, ser mãe - de verdade - não é pra qualquer um!!!
Abçs!
Rike.

Dani Gomes disse...

Olá Felipe,

Bela homenagem!

Eu, como mãe, me sinto lisongeada...

Grande beijo para ti!

http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/

Carla Farinazzi disse...

Oi Felipe,

Linda homenagem!
A questão que você levantou é interessante, realmente é difícil para uma mãe ver seu filho crescendo. Não crescendo exatamente, mas caminhando sozinho... meio egoísta, talvez, mas no fundo, no fundo, acho que é mais medo mesmo.
Medo de que, longe de nós, mães, vocês estejam "desprotegidos". Rsrsrsrs, pode rir, mas é mais ou menos assim. Tipo, como se nós fôssemos capazes de protegê-los de tudo e de todos.

Beijos

Carla

Postar um comentário

Ajude o Beco a crescer! Se gostou do post que acabou de ler, deixe um comentário.