Sábios infelizes

Ninguém é sábio o bastante pra dizer que todos são burros o bastante pra não saberem de nada...


Algo revoltante é falar com alguém que teima e sisma saber mais do que você. Isso é perfeitamente normal e com certeza você sabe como é, o problema é quando isso não é apenas uma situação e sim algo pessoal do irritante.

Imagine ser questionado sobre tudo o que você sabe, acha e acredita, tendo tudo isso visto como besteira, perda de tempo, teimosia ou viadagem. Isso quando você tem todos os argumentos pra defender sua opinião e o outro usa apenas de ignorância e cabeça-dura pra provar o quanto é "inteligente".

Isso porque pessoas desse tipo são carentes em alguns pontos: Humildade, respeito, tolerância e compreensão. Humildade, pra entender que outras pessoas também podem saber como eles sabes, entender coisas que eles talvez entendam também e que sempre haverá alguém pra faze-los parecerem uns patetas analfabetos. Pessoas metidas a sábios parecem não aceitar que saiam de foco e que sua opinião seja ofuscada por outra mais inteligente. Querem que todos dependam de sua sapiéncia pra viverem melhor. Ninguém é sábio o bastante pra mudar sozinho a vida das pessoas esperando, talvez, alguma gratidão pra se sentirem melhor.

Respeito, pra pararem de julgar as diferenças e entender que existem maneiras diferentes de se fazer as coisas e de enxergar a vida. Não é viadagem o cara evitar uma briga desnecessária. Não é burrice perder uma tarde pra doar sangue. E não é babaquice ouvir os outros antes de ficar se achar o Mestre dos Magos, pois ninguém ouve esse tipo de gente mesmo... heuheueueuehu

Tolerância, quase a mesma coisa que respeito, quando o "sábio" pode se apoderar da liberdade da pessoa de quem tira a voz. Por que existem pais que proíbem o filho de pôr um brinco, alegando que isso, ou o levaria pro lado rosa da força, ou estragaria sua vida completamente? Porque pior do que qualquer outro sábio, esse aí se acha no dever de "salvar" o filho daquilo que acha errado. Ele tira totalmente a vida própria do filho, tentando literalmente clonar o moleque. É por isso que você vê tanto garoto que é uma cópia exata do pai, tendo como consequência alguém sem muita vontade própria, que herda todos os defeitos do cara.... Porque o pai quis isso, criar um filho que seguisse seu "caminho de vida ideal", sem tolerar nenhuma forma de auto-expressão.

E por último, compreensão, pra que deixem de apontar pro rabo dos outros antes de se perguntarem se precisam mesmo fazer isso. Afinal, são intolerantes, qualquer falhazinha resulta numa "mente inferior", alguns dizem até ser compreensivo (irônico isso), um cérebro realmente limitado não pode chegar a conclusões exatas.Não importa, eles precisam estar certos, seus motivos e ideais são o que realmente importam, então se eles não se importam com suas mulheres (se tiverem), você será visto como um arrombado passivo caso ligue pra sua mina depois de uma noite de sexo.

Só queria entender o que passa na mente doentia dessas pessoas pra acharem que a humanidade precisa delas. Sinceramente, perdemos tempo, dinheiro, paciência e muito mais por causa delas, porque nos vemos submetidos a fazerem suas vontades. Afinal, somos trouxas. Deveríamos é mandar essas caras irem pastar e aprenderem antes de chegar na nossa cara e dizer que somos ignorantes.



E nóis tecra por aí...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

Lauro-Lândia disse...

kumã?

Rike disse...

Olá, Felipe!
O mundo tá cheio de gente assim - infelizmente!
Abçs!
Rike.

Comunicação disse...

Confira a dica da apresentadora Hebe Camargo para aproveitar as maravilhas da vida: http://bit.ly/eclRyA. #saúdenãotempreço

Siga-nos no Twitter e fique por dentro da campanha Saúde Não Tem Preço: www.twitter.com/minsaude
Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude
Obrigado,
Ministério da Saúde

@ALittleAna disse...

O único sábio é Deus. Nós somos apenas aprendizes, sempre, de sua sabedoria

Postar um comentário

Ajude o Beco a crescer! Se gostou do post que acabou de ler, deixe um comentário.