Livre arbítrio


Tem gente que pula. Do alto e do topo, pro mais profundo abismo. As pessoas medem as consequências de seus atos? É claro que não....

Pessoas possuem o livre arbítrio e por isso jamais estarão presas a um comportamento padrão. Qualquer coisa que lhes parecer agradável já é o bastante para mudar seus rumos.

E como eu sempre digo, pessoas são as criaturas mais manipuláveis que existem.

Antes de prosseguir, é bom ressaltar: somos totalmente livres, e nada nem ninguém nos controlará, assim como pensam algumas pessoas, que apenas dizem "Seja o que Deus quiser!" e simplesmente jogam tudo pro alto e esperam as divindades moverem os documentos. Se isto fosse verdade, o livre arbítrio não existiria, pois não interessa o que façamos, nosso futuro já estará totalmente escrito e nossas ações não significam de nada. Não importa se você comer salada ou pizza de hamburguer todos os dias, ano que vem você estará obeso... Seria mais ou menos assim. Mas é assunto pra um outro post.

Por esse mesmo motivo de sermos livres, é que as pessoas se afundam. Uma pessoa que possua a liberdade poderá pender muito mais ao agradável do que ao necessário e/ou inteligente, né? Imagine as pessoas que são livres pra fazerem o que quiserem, ou seja, todas?

Um exemplo que vi, foi uma amiga que depois de vários anos sem vê-la, estava numa situação pelo menos pra mim, tensa. Ela não precisava estar assim, está por que QUIS. Ela decidiu seguir um caminho que a conduziu a isto. Então eu me pergunto... Por que isso?

Porque o livre arbítrio chega a ser uma arma nas mãos de quem não sabe usá-lo. Por isso que meu pai não deixava eu brincar perto da escada, pois quando se tem 2 anos de idade você não tem consciência de que pode morrer se cair dela. Mas é complicado um cara de 20 anos que deveria saber o que certo e o que é errado conseguir a façanha de se entregar as drogas.

Sim. Eu acho que estragar a vida dessa maneira é uma burrice desgraçada.


Mas tem coisas mais complicadas, a garota ter que furtar pra alimentar o filho, e por aí vai... outro post em um outro dia.

O que quero dizer é que... As pessoas são ignorantes a ponto de achar que tudo o que sabem sobre a vida, tudo o que conhecem sobre os perigos das vaidades e tentações, são balelas, só pra ter pequenos e ridículos momentos de prazer ou ego, elas podem fazer o que quiserem, motivadas pelo egoísmo (tem que ser bem egoísta pra colocar as vontades acima da própria vida).


E nóis tecra por aí...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

Carla Farinazzi disse...

Eu acho, Felipe, que algumas pessoas são inconsequentes, não medem a extensão de seus atos. Não percebem que, fazendo algo ruim hoje, estarão dando início a um processo que as conduzirá a um beco sem saída, por exemplo, a uma situação muito pior no futuro. É preciso exercer o livre-arbítrio com responsabilidade. Com consciência do que se está fazendo e o que pode acontecer a partir de cada ato nosso.

Seu texto é excelente.

Beijos

Carla

E.L.D disse...

Tenso. O ser humano ainda vai precisar de mais alguns milhões (ou talvez bilhões) de anos pra aprender a usar o bom senso.

Dani Gomes disse...

Olá,
Tem um convite para você lá no meu blog: http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/2011/03/um-mundo-melhor-para-chamar-de-nosso.html
Te espero lá!

Anônimo disse...

aiai.... eu mesmo me afundo cada vez mais com meu próprio livre arbítrio! :S

belo post!

Postar um comentário

Ajude o Beco a crescer! Se gostou do post que acabou de ler, deixe um comentário.