Período de fezes

Existe uma época onde tudo se resume em uma grande bola de dejetos.
Aqueles dias onde tudo dá errado, você não se sente bem, e coisa e tal.


Não consigo pensar num motivo pra isso. Um motivo que leve a crer que o pessoal lá de cima tá fulo com a gente. Você já pensou nisso? Se você acredita que o motivo pras coisas não darem certo é porque tudo é um grande castigo divino, então você está circunferencialmente errado!

Esses momentos ruins da vida são iguais aqueles bons pra caramba, onde tudo dá certo e você acredita que ele é de verdade. Infelizmente momentos assim são mais raros de acontecer.

Como na vida tudo é balanceado, se um dia você sorri, você chorará três. Isso mesmo!

Eu tô meio que na foça sabe, gente... Minha garganta tá completamente ferrada, dor de cabeça e pior: Mariana não está bem, eu precisava estar lá com ela, e nem posso! Fora pequenas coisas que parecem cospirar pra que a gente se fale. E outras que estão conseguindo me estressar profundamente.
Mas não posso reclamar. Alguns períodos de fezes das pessoas fazem esse meu parecer o período da Avon.

O lado bom é que o cheiro vai embora e não demora muito. Basta não se entregar e deixar-se cair. Por mais que a gente ache que jamais nos livraremos do tormento que esses períodos nos causam, as coisas sempre podem melhorar, basta você querer mesmo que elas melhorem.

Por isso que eu digo, quando a vida parecer um desastre e que a gente está prestes a ser jogado num moedor, o negócio é pensar no futuro em próu dos nossos planos e das pessoas que amamos. O único fim que pode ser imposto em nossas vidas é a morte.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

hobbyblogclube disse...

Olá, Rafael!
Nesses épocas, o melhor a fazer é mudar de época,mudar o mais rápido possível pra época descarga!!kkkkkkk
Abçs!
Rike.

JulioHellsing disse...

É isso aí Felipe, porém, nas épocas boas, muitos de nós também achamos ser algo do divino, do sobrenatural que atua sobre nós, pois nós não sabemos como aproveitar a felicidade, sim, ela está conosco, o tempo todo, o problema é que nós estamos tão preocupados tentando encontrá-la que acabamos não percebendo ela, que estava ali o tempo todo. ^__^
Abraço, Júlio

Postar um comentário

Ajude o Beco a crescer! Se gostou do post que acabou de ler, deixe um comentário.