Em janeiro, rios no Rio de Janeiro

Ontem a noite voltando pra casa eu peguei uma chuvinha... nada de mais, apenas a havaianas ficou escorregando um pouco. Nada que um bom banho não pôde resolver. Mas imagino que enquanto eu pegava aquele simples chuvisco, centenas de pessoas estavam sendo lembradas, pois perderam a vida em chuvas muito piores do que aquela.


Chega a ser estranho pensar que eu e todas as pessoas que conheço e que moram aqui no rio, estão bem, fora de perigo, e ao ver os jornais, noticiários, tudo o que vejo é o caos se espalhando de tal forma, que mesmo não sofrendo pela perda de alguem conhecido sofremos quando nos damos conta do que está havendo...

Mas existem algumas coisas que me deixam realmente p*to nessa história toda.
Primeiro, os próprios moradores. Quem teve a brilhante idéia de construir casas em áreas de risco?! E pior, moradores que olham os corpos dos vizinhos sendo arrastados pelas águas, e se negam a saírem de suas casas. Uns dizem que é por falta de instruções das autoridades. Meu Deus... a casa vai cair... quer instrução mais clara do que essa? SAI DAÍ, PÔO!!!!
E há quem diga que é por causa daquela história né... "Nasci aqui, morro aqui!". Putz, então se a mãe do cara falecer ele vai junto? Afinal, foi nela que ele nasceu... ¬¬

Mas tudo bem... tem morador que constrói casa ali e nem sabe do risco, coitado... Não entende nada de geografia e acha que jamais aconteceria. Mas não é possível que as autoridades não saibam. Se sabem, eles devem PROIBIR que façam casas lá, oras! Invistam e moradia, sem lá, mas não deixem que seu povo morra... Quem se importa com prédios e lojas cheias de TVs e importados quando se tem pessoas em risco? Depois a dona Dilma dá um jeito no material, mas vidas... Pelo menos disso vocês deviam cuidar mais!

Aliás, jurava que aquele tal painel de controle do rio ia ajudar pra prever calamidades. Cadê? Não vi nenhum suprimento extra preparado pra isso... O que vi foi a maior catastrofe do país. ¬¬

No dia em que o povo deixar de ser tão teimoso (burro, estúpido) e a prefeitura não permitir mais que isso aconteça, veremos a cidade em caos sim, mas pelo menos não veremos tanta gente chorando por ter perdido pessoas que ama. Nenhum dinheiro repõe isso.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

ALP disse...

É difícil vc ver os estado do Rio decair com desastres governamentais e naturais desse jeito. Mas fazer o q? Somos cariocas/fluminenses e o q necessitamos é de solidariedade, força e fé!

K & A. disse...

Olá, Felipe!
De todos os problemas, continuo achando que o principal é o político. Enquanto continuarmos votando em quem não vota na gente, outras desgraças continuarão acontecendo!
Abçs!
Rike.

Anônimo disse...

Blz Felipe?
Ótimo texto, você está fazendo jornalismo?
Acho estranho que em uma área de risco seja instalado luz elétrica e agua tratada, se a prefeitura proibisse esta pratica, tenho certeza que não haveria uma tragédia com tantos mortos e desabrigados.
Outra coisa que me surpreende é o fato de varias toneladas de donativos ficarem estragando em depósitos, pô o governo já não aprendeu com a tragédia de Santa Catarina?
Acho que agora a maior ajuda, é uma cobrança por nossa parte, de um plano de emergência no Brasil.
Abçs!
CRP-Max

Postar um comentário

Ajude o Beco a crescer! Se gostou do post que acabou de ler, deixe um comentário.