Insegurança

Amar é zelar, tomar conta, valorizar. É quando temos algo realmente importante pra nós.
E quando tal preciosidade parece ameaçada, é que a mardita aparece:
A insegurança.


Tal sentimento nos traz uma dor parecida com a dor que sentimos quando realmente perdemos. E é isso que faz dela algo tão horrível, principalmente se você conhece a dor que é perder quem ou o que já amou.
A insegurança é quando não nos sentimos capazes de mantêr o amor vivo, e que ele poderá morrer a qualquer momento, tornando nossas vidas amargas e desgraçadas, por mais que lutemos pra que ele sobreviva.

Essa praga emocional normalmente surge quando somos nós os responsáveis por qualquer ameaça ao que queremos proteger. Quando falamos besteria, esquecemos algo ou deixamos fugir algum comentário infeliz que ficaria melhor dentro de nossa boca...

Enfim, a insegunrança é o medo de perder o que mais prezamos.

Ok, vamos pensar:
A insegurança é algo que jamais queremos demonstrar pras pessoas, pois normalmente mostraria que não confiamos nelas. Ué... Mas se você sofre tanto por não querer perder a pessoa que ama, isso não significa que você a ama de verdade?!

Só mesmo a sinceridade pra contornar isto. A única pessoa que poderá nos ajudar em tal situação é aquela que mais queremos por aqui (Hoho, não diga?!! kkkkkkk). Se você esconder, irá preocupa-lá, magoá-la e ela realmente irá achar que você não tem um pingo de confiança nela e que ela pode ir pastar que você não liga.

O jeito é relaxar... O amor NÃO morre a toa. Se morrer, então não foi por sua causa, e sim que o outro lado não quis cuidar dele como você quis. Esse medo é completamente natural e você verá que a insegurança vai estar SEMPRE presente em sua vida.

A insegurança não é uma doença. Ela vêm e passa. Considere isso uma renovação de contrato, pois sempre que você se sente melhor o amor cresce, não é? Enfim, tenha certeza de que a pessoa que você ama também sente o mesmo que você, pois também te ama (quer dizer, eu acho...). Se o amor não fosse tão grande, não existiria insegurança. Os danos não seriam tão grandes e não nos faria falta alguma.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 comentários:

Rike disse...

Olá, Rafael!
Não adianta mesmo, em algum momento da relação ela sempre aparece. Acho que vem junto no "pacote"!kkkkk
Abçs e Feliz Ano Novo!!!!!
Rike.

Postar um comentário

Ajude o Beco a crescer! Se gostou do post que acabou de ler, deixe um comentário.