A paciência que me prende

Ultimamente eu tenho andado bem estressado...
Sempre aparece alguma coisa que consegue mexer com a minha paciência e acabar com a minha paz.
Pessoas ignorantes, stress diário... enfim, não faltam opções.

O detalhe é que a minha paciência é incrivelmente grande. É preciso muito para me descontrolar e me levar a fazer algo impensado. "Que cara de sorte...", você deve até pensar. Sou uma pessoa calma e tranquila.... Não vejo motivos pra começar uma briga desnecessariamente.


Um bom exemplo, ontem andando com uns amigos...um daqueles caras bem... vagabundos (playboy marrento), passa correndo pelo meu lado soltando a gentil frase:
"Sai da frente, caral**!!"
Naquele momento, mil coisas ainda mais "gentis" vieram a minha cabeça, mas guardei para mim. Ao meu ver, nem valeria a pena começar uma discussão ou uma briga.
E com isso, tenho que ouvir os outros dizendo: "Ahh, e você fica quieto??" "Se fosse eu metia logo a porrada!!"

Enquanto para os outros pode parecer medo ou covardia, eu prefiro dizer que sou paciente. O que eu ganharia brigando com um cara daqueles? Estaria dizendo para todos: "Olhem pra mim, sou tão idiota quanto ele!"

Ter moral e respeito não significa apenas impor a força. E aí está o problema.
Brigar ou discutir é algo que eu raramente faço, e não vou mentir: Em alguns casos, isso é realmente necessário (infelizmente....).

Não, não estou dizendo que podemos resolver tudo na porrada. Mas o meu problema é ficar calado quando estou no direito de exigir respeito! Não no caso do moleque correndo na rua, mas imagine você ser desrespeitado na sua casa por um completo INÚTIL, alguém inferior a você, que não tem razão alguma e se sente no direito de se achar superior...

Não se cale! Você não precisa meter socos para exigir seus direitos, mas também não pode fingir que tudo está bem, se não as pessoas irão pisar na sua dignidade.

Talvez eu consiga mais força pra enfim dizer tudo o que penso a certas pessoas que merecem ouvir...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

Ninha Luiza disse...

Suas crônicas são tão reais! *-*

Eu realmente quero ser que nem vc qnd crescer! '-'

celi disse...

Eu infelizmente não sou dotada da menor paciencia, por qualquer menor problema já saio discutindo e pra partir pra briga falta muito pouco. Felizmente agora tenho estado mais "paciente", mas só mantenho a paciencia pra não puxar briga. Se alguem vem brigar comigo ai não tem quem me segure...
Admiro as pessoas que conseguem manter a calma em certas situações, eu no seu lugar teria gritado pro garoto na rua "O seu merda, se tá com pressa saísse mais cedo de casa! E aprenda a ter educação!" Admiro muitu sua reação e parabens pelo texto^^

• » вισ тяυѕт « disse...

Er...Paciência? Não existe no meu currículo.
Admiro pessoas com você, desestressadas e pacientes nesse "mundinho inútil" em que situamos...
Como a Celi disse, eu não teria ficado quieto (dependendo do local e do "porte" do cidadão ^^ ) eu não partiria pra cima, mas tentaria atingi-lo ao máximo para ele se sentir inferior a mim para então calar a boca ;D
Mas é isso, seu post ficou excelente (como sempre D:)! Abraços cara e lembre-se: continue sempre assim ^^(de novo essa carinha?)

O Burro que chora disse...

Realmente tem coisas que vale a pena...
Se trocar com uma pessoa dessa não vale nem perder a paciência...
Texto muito legal...
*Não consigo ler o início do texto pois tem uma barra que atrapalha teria como modificar?

Postar um comentário

Ajude o Beco a crescer! Se gostou do post que acabou de ler, deixe um comentário.