O amante paranóico

Encontrei esse post inacabado em meu computador... Então resolvi postá-lo aqui.Trata-se de uma história baseada em uma situação pela qual vocês já devem ter passado ou visto alguém passar. Acredito que a insegurança e o medo de se perder a pessoa não seja algo que apenas as mulheres sentem, mesmo que seja uma característica mais delas, também é comum ver homens que passam pelo mesmo drama....

O AMANTE PARANÓICO

    Sete horas, Mauro acordava ainda de olhos fechados. Levantou-se, foi ao banheiro e lavou o rosto. Se
olhou no espelho, e sem conseguir resistir, sorriu de satisfação. Naquela noite, iria se encontrar com Alice.
    Minutos depois, correu para o computador. Entrou em seu e-mail com a esperança de que Alice tenha deixado alguma mensagem. Nada... Ficou decepcionado, pois na noite passada havia mandado algo. Mauro sabia que era muito cedo para ligar, sentiu até um certo receio, pois não queria tomar muito seu espaço. Esperou dar nove horas, e com a desculpa de confirmar seu encontro, logo ligou para sua namorada.
    -Alô?... - Atendeu Alice, ainda com sono.
    -Bom dia amor! Como você está?
    -Vou bem.... Então, está tudo marcado para hoje?
    -Sim, claro! As oito da noite na porta do cinema, ok?
    -Tudo bem... - deu um breve bocejo - Até lá, amor...
     Alice desligara o telefone. Mauro se sentia estranho, como se faltasse algo nessa conversa. Percebeu Alice distante, sem muitas palavras. Logo, uma insegurança começou a surgir dentro de seu peito.
Mais tarde, almoçou e foi para seu curso. Conversou com amigos e tentou relaxar um pouco, pois precisava disto. Mauro ainda se sentia mal, ele precisava ouvir Alice dizer algo como "Eu te amo!". Naquele momento, Mauro sentia um medo dentro de si.
    -Será que ela não me ama mais?... - Pensou.
     As quatro da tarde, saia correndo do curso indo para a lan-house. Acessou o perfil de Alice em seus sites pessoais e vasculhou tudo. Fotos, recados... Nada de mais, tirando algumas mensagens de amigos dela.
Mauro sentia uma ansiedade muito forte, precisava falar com ela. Pensava em coisas em que ela lhe dizia, em todos os beijos e juras de amor... Isso o acalmava um pouco.
     Começou a sentir-se um derrotado, um rejeitado. Ela não mandava tantas mensagens quanto ele, não ficava pendurada no telefone dizendo que o amava. Estava vivendo um inferno dentro de si, uma gritante necessidade de amor da Alice.
     Ainda eram sete horas e lá estava Mauro na porta do cinema. Não aguentava esperar, e a todo momento olhava em seu relógio para ver o quanto iria demorar para Alice aparecer. Oito horas, e nada dela. Uma pontada certeira em seu coração parecia derrubá-lo emocionalmente, mas não iria desistir. Ficaria ali até que ela aparecesse, ou até que desse nove horas...
     Alice apareceu. Beijou os lábios de Mauro, com seu sorriso que tanto o encantava.
     -Por que demorou tanto? - Perguntava Mauro.
     -O trânsito estava muito ruim... Senti tanto sua falta!
     Novamente aquele sorriso inevitavelmente tomava conta da face daquele paranóico. Entraram no cinema, e toda aquela dor e agonia que Mauro tanto sentia, parecia se decompor. Mais uma vez, Mauro se sentia amado e realizado... Era apenas isso de que ele tanto precisava.

============
Respondendo a comentários... Mauro não é gay XD.......Apenas reflete o lado que as mulheres não conhecem dos homens. E se você é homem e achou essa minha frase afeminada, então é porque você não sabe de nada, boy...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

Graziela disse...

adorei o texto *_*!!!
embora eu ainda nao tenha passado por isso!!!
parabens!!!

Nícolas@com disse...

Muito foda cara parabéns!!!

Ninha Luiza disse...

[aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa] Mauro precisa sair do armário '-'
Ou se assumir lerdo pra cassete! u_u
Mas enfim.........
Gostei da hist! :D
Parabéns! :3

O Burro que chora disse...

Pensamentos ruim tomam de conta do nosso ser...
Sofremos muitas vezes sem necessidade...
Mas amar é o melhor de tudo...
felicidades

amanda disse...

ameeeii o posto!! *_*
muito fofo..
o Mauro é meio romantico demais..
os homens não são tanto assim!!
mas adoreii a histórinha
a Alice foi super fofa no final!!!

celi disse...

muitu bom. O tipico cara apaixonado e ciumento, ai ai, conheço uns carinhas assim. XD Adorei o texto, mostra bem o lado sofredor apaixonado dos homens.

Postar um comentário

Ajude o Beco a crescer! Se gostou do post que acabou de ler, deixe um comentário.